Sobre

Você já teve que sair de casa?

Digo, não somente de ter que deixar tudo para trás e seguir em frente. Mas, também daqueles momentos em que você precisa viajar, ir para outro país sejam as suas férias, para um intercâmbio, projetos missionários ou voluntários. Ou simplesmente ter que sair de casa para ir trabalhar, estudar. Mas, também de ir morar longe de casa. Eu acredito que sim. Visto que, sempre que você deixa sua casa, você quer voltar para ela. Mas, você pode fazer qualquer lugar o seu “lar doce lar”, só depende de você.

A verdadeira arte de viajar…é que a gente sempre deve sair à rua como quem foge de casa. Como se estivessem abertos diante de nós todos os caminhos do mundo. Não importa que os compromissos, as obrigações, estejam ali…Chegamos de muito longe, de alma aberta e o coração cantando. 

–  Mario Quintana

cropped-img_2276.jpgOlá, eu sou Bruno Grangeiro, quase um publicitário (é já que eu te explico), 22 anos, empreendedor social. Sou apaixonado por escrever e fotografias de céu. Gosto de sorrir sempre. E uma coisa que me deixa “incomodado”, é ter que esperar.

Bom, eu escolhi o HOME por causa de uma outra escolha. Atualmente, sou voluntário pelo Adventist Volunteer aqui em Firenze, Itália. Por isso, eu sou quase um publicitário, deixei para finalizar o curso (o 8° semestre) quando eu voltar ao Brasil.

Sobre a escolha do nome, é somente HOME, beleza? O sete (7) que aparece no link é porque eu não tenho como comprar um domínio ainda, então já existia o home em algum lugar desse mundo. Mas, é um número muito bonito e carregado de significados. Além disso, você pode voltar para sua casa sempre e onde que quiser, o importante é aproveitar o máximo as experiências (dessas várias casas).

Home [houm] Palavra de origem inglesa, cuja tradução significa: lar, casa. pátria, terra natal. 

Eu vou dividir com você as minhas experiências, meus textos, minhas fotos e vídeos, a princípio enquanto estou aqui na Itália. Como eu vou ser voluntário, o tempo vai ser bem pouco, mas prometo estar pertinho de você sempre que for possível. Por isso, sempre que quiser clica no home, que vamos dividir histórias sobre os nossos “lares doces lares”.

Anúncios

Tópicos recentes

Seja um viciado

Eu sempre gostei de aprender coisas novas. Mas, quando o assunto era um outro idioma, a preguiça sempre falava mais forte. Por fim, agora tenho que aprender dois idiomas. Impossível? Claro que não, só é um processo mais demorado. Quando eu era pequeno, todas as manhãs minha mãe pedia para comprar leite numa padaria próxima … Continue lendo Seja um viciado

1 mês (Parte 1)

Ciao amico! Gente do céu, já se passaram 30 dias. O tempo está voando, preciso aproveitar todos os dias! Bom, primeiro desculpa por não ter parado e contado a minha história por aqui, tem sido muito corrido. Meu tempo é bem escasso! Mas, prometo que sempre estaremos juntos, inclusive nas outras redes sociais será mais … Continue lendo 1 mês (Parte 1)

Mais Postagens